domingo, 28 de outubro de 2012

Qual é a finalidade da Comunicação Não-Violenta às corporações?


As imposições do mercado de trabalho parecem cada vez mais reduzir e marginalizar a cultura humanista, esmagando profissionais com tarefas voltadas quase que unicamente a atender às demandas econômicas, técnicas e administrativas do momento. Estas condições dadas, ao invés de representarem um signo de vitalidade, podem criar desconexão dentro das organizações, ao transpormos às relações humanas uma linguagem de escritório, mecânica, que ignora o elemento subjetivo, afetivo, livre e criador que nos constituem. A Comunicação Não-Violenta (CNV) surge para atender esta necessidade: a reformulação da nossa linguagem. A sua prática encanta devido à simplicidade do seu processo. Os meios habituais de ataque e defesa, utilizados em nossa linguagem através do uso de julgamentos, rótulos, crítica e punição são substituídos pelo desenvolvimento da empatia, da escuta profunda e da compreensão de emoções e necessidades humanas como um caminho para a autorresponsabilidade e honestidade nas relações. 

Tiago Bueno

Nenhum comentário:

Postar um comentário